Loading...
AnimeArtigos

Fusako Yusaki

A maioria dos primeiros animadores japoneses independentes que começaram a aparecer na década de 1960 são homens. As mulheres nesta altura estavam sempre nos bastidores a trabalhar como animadores assistentes e raramente tinham acesso a um cargo de director artístico ou mesmo realizador. Uma das excepções à regra foi Fusako Yusaki (湯崎夫沙子), no entanto o seu nome não teve destaque na sua terra natal, mas sim em Itália.

1

Yusaki nasceu na cidade de Moji-ku, uma das cinco cidades que se fundiram para criar a cidade de Kitakyushu na província de Fukuoka em 1963. Formou-se em Belas Artes pela Universidade Joshibi de Arte e Design, em 1960. Por ser uma excelente aluna foi-lhe atribuída uma bolsa para estudar na Accademia di Belle Arti di Brera, em Milão em 1964 e desde essa data que vive e trabalha na cidade italiana.

Cria o seu próprio estúdio independente – Estúdio Yusaki (スタジオ・ユサキ) – e começa a ganhar fama com os seus anúncios para televisão e em alguns genéricos para programas de televisão como RAI (emissora pública italiana) e a NHK (emissora pública japonesa). Mas o estrelato chega quando fez uma série de anúncios de animação em argila para o licor de Fernet-Branca (1968-1977), trabalho que em 1971 foi reconhecido e fez com que vencesse o Bagatto d’Oro (o prémio máximo para a publicidade italiana).

Nos anos 1990 e 2000, tornou-se conhecida pelas suas personagens de animação de barro como Peo (ペオ) o cão azul, e as figuras vermelhas e azuis Naccio + Pomm (ナッチョとポム). Naccio + Pomm foram também transmitidos pela no Japão pelo canal NHK inserida na programação Petit Petit Anime (プチプチ・アニメ) direccionada para as crianças.

2

Entre muitos prémios, Yusaki venceu também o Leão de Bronze do Festival Internacional da Criatividade – Cannes (1972). Foi convidada para ser júri em imensos festivais internacionais: Annecy (1989), Hiroshima (1990), Zagreb (2000) e Wissembourg (2003). De referir que em 2002 Yusaki foi juri no Festival Cinanima em Espinho.

Os seus trabalhos vão desde o abstracto à narrativa obras – embora muitos combinar elementos de ambos. Usando uma paleta colorida da argila, suas obras são definidas por seu uso de metamorfose. Cenas fluir sem problemas em um outro em um estilo muito orgânico.

A sua filmografia já é bastante longa. No seu portfolio já conta com mais de 14 curtas metragens, 6 série televisivas das quais se destacam as animações de Peo e de Naccio e Poom, 5 filmes educacionais e mais de duas dezenas de anúncios televisivos (Fernet Branca, Ariston e Ferrero Roche) e todas elas feitas em animação em barro.

3

Ao longo deste anos todos dedicados à animação, apenas por uma vez Fusako Yusaki aventurou-se pela animação tradicional feita em 2d. Foi em 1985 com a curta L’incredibile Usil.

Yusaki continua a ser muito activa na cena da animação, dando vários workshops e participando de festivais, bem como fazer filmes. Lecciona ilustração tridimensional no l’Istituto Europeo di Design em Milão e os seus filmes já fazem parte da colecção do Museu Hara de Arte Contemporânea de Tóquio.

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook