É uma das personagens mais complexas da série Saint Seiya. Esta italiana foi uma das primeiras Cavaleiras de Prata a ser apresentadas, assim como um das poucas mulheres a usar armaduras divinas ao serviço de Athenas.

Shaina fez a sua estreia no primeiro volume da manga Saint Seiya em 1986, surgindo como antagonista do herói titular. Shaina, que usava a armadura de Ophiuchus (que significa “o portador da serpente”), foi-nos apresentada como a mentor de Cassios, que procurava obter a armadura de Pegasus. Contudo, seria o jovem Seiya a fazê-lo e a deixar Cassios desprovido de uma das suas orelhas no percurso. Procurando vingança pela derrota do aluno, Shaina tenta atacá-lo, mas falha.

Após esta primeira tentativa, Shaina voltará a atormentar Seiya, na companhia do Cavaleiro de Ouro de Leão. Será durante este segundo embate que virá ao de cima o passado comum de Shaina e Seiya e a razão para esta odiá-lo tanto.

A derrota de Cassios foi a gota de água de algo que começara na infância de ambos. Seiya acidentalmente viu o rosto de Shaina (algo proibido para combatentes dos santuário), pelo que esta, enquanto amazona passou a estar obrigada pelas leis de Athenas a amá-lo ou matá-lo.

Shaina opta pela última opção, no entanto, ao ver Seiya na iminência de padecer às mãos de Leão, a guerreira mete-se entre ambos, sendo atingida violentamente por um dos ataque do segundo. Será aqui o momento em que Shaina se tornará numa heroína, declarando o seu amor por Seiya após este acto verdadeiramente altruísta.

Acto que não seria único pois Shaina ficaria feriada em mais duas lutas de Seiya: a primeira, exclusiva do anime, contra Siegfried, e a segunda durante o embate com Poseidon. Shaina, que seria promovida à posição de capitã do santuário, eventualmente tornar-se-ia na mestra de Kouga, o novo Cavaleiro de Pegasus (Seiya era agora o Cavaleiro de Ouro de Sagitário), e protagonista de Saint Seiya Omega.

No anime a viagem de redenção de Shaina pode ser vista nos episódios 1, 20, 36, 37 e 38. A título de curiosidade, existe uma outra Cavaleira com um estilo de luta bastante similar ao de Shaina. Esta, que dá pelo nome de Geist, é uma Cavaleira proscrita (e antiga companheira de treino de Shaina) que serve como líder dos Ghosts Saints, sendo uma das antagonistas iniciais de Seiya e dos seus amigos.

Escrito por: Ivo Silva