Loading...
AnimeArtigos

Watamote

Lançado em 2013, Watashi ga Motenai no wa Dou Kangaetemo Omaera ga Warui! (私がモテないのはどう考えてもお前らが悪い!), ou simplesmente, Watamote! como os japoneses tanto gostam de chamar “carinhosamente” foi uma das séries que mais gostei de ver da temporada de Verão de 2013.

Corrijam-me se estiver errado mas penso que foi uma série que passou ao lado de muitos fãs de anime por esse motivo decidi escrever um pequeno texto sobre esta série de 12 episódios.

Watamote é baseado num mangá escrito e ilustrado por Nico Tanigawa. É publicado na revista Gangan Comics Online da editora Square Enix desde 2011 e ainda está em publicação. Nos Estados Unidos a série é lançada pela editora Yen Press.

A nossa personagem principal, Tomoko Kuroki (interpretada pela seiyuu Izumi Kitta), é a pessoa mais otaku e fora deste planeta que pode existir e que vocês alguma vez vão conhecer. Um dos seus passatempos preferidos é gastar muito do seu tempo em jogos virtuais de namoro, os chamados “dating sim”, daí que seja natural que a sua mente seja um pouco perversa e suja.

O seu interesse pelos jogos é porque ela é uma “mojyo”, ou seja, uma rapariga que não tem qualquer experiência com rapazes. Tomoko vê a sociedade que a rodeia de forma bem diferente, para ela todas as meninas que usam saias curtas e falam de moda são desinteressantes e os todos os rapazes são tolos sem cérebro.

A série tem um sentido de humor único. É um anime cheio de humor negro, humor com conteúdo sexual, e ainda faz imensos “gags” a outros animes. Outro aspecto bastante interessante da série é o mostrar o quotidiano de Tomoko que é quase exemplar, não fosse o excesso de azar, mas a imperfeição do personagem é sem dúvida um bom ponto para que o interesse no anime seja ainda maior. Aqui não vemos um mundo perfeito com em muitos dos animes.

Ao longo dos episódios de Watamote, vamos sentindo um misto de emoções. Facilmente apegamo-nos à nossa heroína Tomoko, como à sua amiga ou até mesmo ao seu irmão que só faz asneiras.

Quanto à parte mais técnica do anime, temos um “chara design” bastante interessante em especial o da nossa personagem principal. A animação que ficou a cargo da Square Enix, Silver Link e Sentai Filmworks também é bastante boa e fluída. Durante a série vemos cenas muito bem feitas e temos uma banda sonora também muito boa da autoria de Sadesper RECORD (Anonymous Noise e Hanamaru Kindergarten).

Por isso o melhor mesmo é parar por aqui para não ser “spoiler”. Convido-vos a verem Watashi ga Motenai no wa Dou Kangaetemo Omaera ga Warui! (ou na língua de Camões seria algo como “Não importa como eu olho, é por vossa culpa que não sou popular!) que sem dúvida irá surpreender-vos.

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.