Loading...
ArtigosCinema

Cobalt Blue

Com o título original de 群青:愛が沈んだ海の色 (leia-se Gunjo: Ai ga shizunda umi no iro), Cobalt Blue como ficou conhecido na sua edição em inglês é um filme baseado no romance escrito por Ayako Miyagi. A adaptação para o grande ecrã foi realizada por Yosuke Nakagawa, autor de outros filmes como: Mahiru no hoshizora (2005), Departure (2001) ou Blue Fish (1998).

“Cobalt Blue” conta a história de três amigos de infância Ryoko (Masami Nagasawa, que participou em vários filmes do Gojira e deu voz a Umi Matsuzaki, personagem do filme da Ghibli, From up on Poppy Hill), Kazuya (interpretado pelo estreante Shinji Rachi), e Daisuke (Seiji Fukushi que se estreou no filme Swing Girls e também entrou nos live-actions do anime Nodame Cantabile) que cresceram juntos numa remota ilha de Okinawa.

A mãe de Ryoko, Yukiko Morishita (Misato Tanaka), é uma pianista de renome internacional, que chega da capital japonesa para recuperar de uma doença. Na ilha apaixona-se por um pescador, Ryuji Nakamura, e passado algum tempo casa-se com ele e dá á luz a sua filha Ryoko, poucos dias antes de falecer.

Na ilha perdida de Okinawa, habitada por alguns pescadores, dois rapazes, Daisuke e Kazuya, nascem ao mesmo tempo que Ryoko, e os três crescem como irmãos, mas quando chegam à idade adulta cada um decide seguir o seu próprio caminho. Kazuya decide permanecer na ilha para ser pescador, Daisuke é aceite numa escola de artes em Naha (a ilha principal de Okinawa), e Ryoko considera abandonar a ilha para estudar medicina. Ao fazer 18 anos, Kazuya dedica a Ryoko uma canção de amor,”Tubarama”, e esta muda a relação dos três amigos para sempre…

Cobalt Blue é um filme simples em que a vida e a morte são apresentadas como serenos eventos quotidianos, momentos de solidão, crescimento pessoal, desejos, tristezas e alegrias.. e onde também sentimos e presenciamos sentimentos dolorosos de perda e o amor como transformação. Ainda podemos encontrar no final um pequeno espaço para a magia, para a fé no destino.

A música de piano que aparece durante todo o filme é da autoria do compositor Joji Sawada (Attitude e Mahiru no hoshizora) e tem uma importância vital ao longo da história que sem darmos por isso torna-se a banda sonora do filme e o fio condutor de toda a trama. A fotografia simples e as bonitas paisagens ajudam a tornar este filme ainda mais vistoso e a transformar-se num excelente cartão de visita da região de Okinawa.

Cobalt Blue é um filme que podemos colocar na gaveta dos dramas, mas longe das histórias habituais, este é um filme mais “fresco” e natural. Como curiosidade e para aquelas pessoas que gostam dos “movies trivia”, este filme tem a primeira cena de amor interpretada pela actriz Masami Nagasawa e também teve direito a um mangá “one-shot” da autoria de Yukio Kanesada.

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook