Todos sabem que o Japão é famoso pela sua avançada tecnologia, mas também pela sua enorme imaginação e criatividade, proporcionando um universo variado de artigos imensamente doces e fofinhos, que podem ser encontrados por todo o lado e que fazem as delícias de pequenos e graúdos, como bonecos de peluche, chávenas, almofadas, objectos decorativos, roupa, todo um conjunto de produtos bem diversificados que atraem um vasto público, embora este seja maioritariamente feminino.

Neste mundo kawaii, destacamos uma figura que tem ganho uma forte popularidade nos últimos tempos, um pouco por todo o mundo, então em terras japonesas nem se fala, refiro-me pois ao ursinho Rilakkuma, cujo nome corresponde a uma interessante junção entre a palavra inglesa “relax” com a palavra japonesa “kuma”, que significa urso, originando como resultado final a designação “rirakkusu” (リラックマ).

1

Rilakkuma é uma personagem japonesa, criada por Aki Kondo e produzida pela San-X em 2003, tal como acontece com a personagem Tarepanda, sendo ambos considerados pela revista americana “The New York Times”, como um dos grandes sucessos do Japão. Em 2010, só por curiosidade, Rilakkuma recebeu a classificação como sendo a quinta personagem japonesa mais famosa de sempre.

A empresa San-X cria todos os meses novas figuras e Rilakkuma foi produzido com base na transmissão de um programa televisivo sobre cães, permitindo a Aki Kondo a inspiração necessária para a criação de uma personagem destas.

Rilakkuma é uma personagem muito peculiar, pois gosta de determinados pratos e alimentos como: dango, panquecas, omurice, pudim e uvas. Adora descansar, dormir, ver televisão, ouvir música, tomar banho em fontes termais e usar um travesseiro amarelo em formato de feijão.

Faz-se acompanhar sempre de mais duas personagens, nomeadamente Korilakkuma e Kiiroitori.

Korilakkuma é uma fêmea de filhote de urso branco, que é muito vivaz e um tanto ou quanto travessa, pois adora pregar partidas a Rilakkuma, sobretudo quando este está a dormir. Embora tenha a aparência de um ursinho, possui um botão vermelho no peito, pelo que não é verdadeiro. As suas comidas preferidas são morangos, maçãs e cerejas. Adora brincar com o seu rádio, dançar e ouvir música (piano e pop) principalmente em alto volume. Por último, temos um canário amarelo chamado Kiiroitori, que é muito racional e lógico, criticando por isso os outros por seus erros, é ainda muito poupado e organizado e tem um forte sentido de responsabilidade, desta forma consiste no oposto da personalidade de Rilakkuma.

2

Todas estas três personagens aparecem originalmente no apartamento de Kaoru, sendo Kiiroitori, inclusive seu animal de estimação, razão pela qual dão assim início à sua história.

No ano de 2009, a empresa Bandai lançou uma linha exclusiva de temas notebook sobre o ursinho Rilakkuma, contudo, o marketing em torno deste boneco é imenso, tendo sido incluídas outras linhas de artigos de venda, como livros e material de escritório, louça, mochilas e peluches de vários tamanhos, formatos e disposições.

Esta personagem ganhou tanto sucesso, que pode ser encontrada também em livros ilustrados, como: “Rilakkuma Seikatsu – Daradara Mainichi no Susume” (Março de 2004); “Kuma Goyomi – Rilakkuma Seikatsu 4” (Setembro de 2006); “Bonyari Kinenbi – Rilakkuma Seikatsu 6” (Agosto de 2008) e “Yanwari Jozu – Rilakkuma Seikatsu 7” (Outubro de 2010); e em livros de etiqueta, como: “Rilakkuma Dara Pika Shiiru Bukku” (Maio de 2005) ou “Rilakkuma Gorogoro Shiiru Bukku” (Setembro de 2006).

3

Pode ser igualmente visto em jogos de computador ou consolas, como: “Watashi no Rilakkuma” (Companhia Rocket, Nintendo DS – Abril de 2007); e “Rilakkuma Minna de Goyururi Seikatsu” (OMP, Nintendo Wii – Março de 2009); “Norinori Rilakkuma hit Ongaku” (Smilesoft, Nintendo DS – Dezembro de 2010).
No ano de 2013, a empresa San-X colaborou com a Enjoy! Basement Dinning, de forma a criarem um tema sobre Rilakkuma e o seu café, em Harajuku.

Quem conseguirá resistir aos encantos deste ursinho? De facto, acho que ninguém será capaz de o ignorar, até pelo contrário, provavelmente a vontade de adquirir o Rilakkuma e de o levar para casa é bem grande, simplesmente porque ele é uma doçura e uma ternura.

Escrito por: Mia Matos