Que o Japão é uma ilha e por isso precisa de barcos toda a gente sabe. Que o Japão é um país estranho também acredito que muitas pessoas o saibam, mas se disser que existe um barco japonês que nasceu a partir de uma banheira aposto que é uma novidade para muita gente.

Tarai Bune (たらい舟) é o nome dado a estes barcos banheira que foram “inventados” na cidade Sado na província de Niigata junto à costa do mar Echigo. Não se sabe ao certo quando apareceram estas primeiras embarcações sui generis, mas os estudiosos afirmam que foram encontrados escritos que falam destes barcos remontam à Era Meiji (1867-1912).

Os Tarai Bune eram tradicionalmente usados por mulheres para o transporte de pequeno curso, mas também muitas vezes serviam para que os pescadores pudessem encontrar algum peixe. Por isso era comum que o fundo destas pequenas embarcações terem vidro para que pudessem ver os peixes debaixo de água em especial o sazae, um molusco bastante valioso e as famosas algas wakame.

Estes Tarai Bune são feito em Sugi (Cedro japonês) e Madake (uma espécie de Bambu). A construção é feita utilizando a mesma técnica de utilizada na manufatura das pipas, à exceção da parte inferior do barco banheira que é ligeiramente mais côncavo e oval.

Os aros de bambu (que habitualmente têm aproximadamente 14 metros) são ligados por pregos também feitos de bambu, mas toda a construção destas embarcações requer a habilidade de carpinteiros experientes, pois é uma arte que tem vindo a perder-se.

Atualmente tem aparecido um interesse crescente para a arte da construção dos Tarai Bune. Em 2007, o Ministério japonês da Cultura (Bunkacho) declarou que este ofício na arte da construção destas embarcações era um importante ativo popular e de grande valor cultural. Este interesse é mais visível quando recentemente foi criado um Conselho de Educação em Sado com o objetivo de preservar este ofício com mais de 200 anos.

Também há o lado turístico que os japoneses sabem bem aproveitar… É possível os turistas fazerem pequenas viagens com partida no porto Ogi na cidade de Sado ou ainda mais engraçado é a possibilidade de receberem uma licença de condução de Tarai Bune se conseguirem manobrar a banheira bem.

Como nota de curiosidade estes Tarai Bune aparecem no filme animado Sen to Chihiro no Kamikakushi (千と千尋の神隠し) do Studio Ghibli, que na versão portuguesa teve o título de “A viagem de Chihiro”.

Escrito por: Fernando Ferreira