Loading...
ArtigosCultura

Yokai – Karakasa-obake

Vi-os pela primeira vez num mangá do Shigeru Mizuki, os Karakasa-obake (唐傘) são um dos vários tipos de Yokai que existem no folclore japonês. Neste caso, eles são tsukumogami, ou seja, um espírito que nasce em objectos com mais de 100 anos, dando-lhes vida. É habitual encontrar-mos com bastante frequência em animes ou mangás, como aconteceu comigo.

A primeira vez que este “monstro” do folclore do país do Sol Nascente apareceu referenciado foi na obra “O desfile dos 100 monstros” publicado na Era Moromachi ou também conhecida como a Era Ashikaga que aconteceu durante o período de 1336 a 1573. Neste documento aparecia um Yokai com forma de humanóide yokai que tinha apenas um guarda-chuva na cabeça e, portanto, tinha uma aparência diferente daquela que se assemelha a um kasa-obake.

Também na Era Ansei (1854-1860), o Karakasa aparece desenhado com uma perna no Sogoroku , um jogo de tabuleiro. Mais tarde, apareceu na era Edo e nas “Cartas de Monstro” criadas durante a Era Taisho (1912-1926) influenciados pelas cartas portugueses e que no Japão ganham o nome de Karuta (かるた).

Apesar destas várias representações do Karakasa, a sua aparência mais comum é a de um guarda-chuva simples, antigo e sujo; Mas o seu verdadeiro aspecto é muito diferente. Eles têm um olho enorme no centro do guarda-chuva, com uma língua bastante longa que sai da boca, em vez de uma alça para segurar a perna do guarda-chuva, que geralmente tem uma sandália calçada (as famosas geta).

Ao contrário de muitos yokai, os karakasa frequentemente aparecem em lendas e não histórias do folclore. A literatura sobre eles não é acompanhada de contos populares, e, portanto, eles são considerados yokai que aparecem apenas em histórias inventadas. Após a guerra e quando o Hyakumonogatari Kaidankai tornou-se popular no período Edo, os contadores de histórias foram solicitados a contar novas histórias e sobre yokai que ainda não eram conhecidos pelos japoneses por isso reapareceram estes yokai.

Dessas histórias existem duas que são bastante conhecidas e ainda são contadas às crianças japonesas. A primeira tem origem na região de Higashiuwa, na província de Ehime, e narra a história de um guarda-chuva que aparecia nos vales em noites chuvosas, e aqueles que o viam eram transformados em pessoas minusculas e incapazes de se moverem. A segunda lenda, leva-nos para Mizokuchi, na província de Tottori (agora Hōki), onde é relatado que existe um yokai chamado yūreigasa (霊傘, em português guarda-chuva fantasma) que tem um olho e um pé como o kasa-obake, mas é dito que em dias de vento forte, eles explodiam as pessoas nos céus.

Após a guerra tornaram-se num personagem para representar metaforicamente as casas assombradas, e começaram a ser muito usados em personagens de anime, mangá e filmes que tenham uma história relacionada com estes seres folclóricos.

Assim podemos encontrar este yokai como um personagem do anime Rosario to Vampire, no qual o personagem Tsukune estuda numa escola para monstros. O Karakasa é também um monstro do jogo Ragnarok Online, e também aparece na série de jogos Touhou, onde existe uma personagem chamada Kogasa Tatara, que também é um Karakasa.

Por tudo isto, deixamos um aviso: Fiquem atentos aos guarda-chuva dos vossos antepassados…

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.