Loading...
ArtigosJogos

5 jogos japoneses convertidos para ZX Spectrum

Enquanto que no Japão nos anos 80 tinhamos o MSX, na Europa o computador que a maioria dos jovens tinham nas suas casas era o ZX Spectrum que recentemente voltou a renascer das cinzas com a versão Spectrum Next.

Sendo nós já velhinhos e vivendo esses tempos decidimos fazer uma pequena lista à semelhança da que fizemos com o MSX (ler artigo aqui e aqui), mas agora escolhemos 5 jogos que foram criados no Japão para diferentes plataformas de consolas/computadores e que anos mais tarde o Zx Spectrum decidiu converter para fazer parte do seu vasto catálogo de jogos.

 

Bousou Tokkyuu SOS (暴走特急SOS)


Era conhecido no Japão por Bousou Tokkyuu SOS (暴走特急SOS, “Runaway Express SOS”), mas quando chegou ao Ocidente em 1984 mudou de para Stop The Express. O jogo foi desenvolvido para o Sharp X1 pela Hudson Soft um ano antes. Foi convertido para o ZX Spectrum, Commodore 64 e MSX. Também teve uma versão para o Famicom. O objectivo do jogo era conseguirmos parar o comboio (como o próprio nome do jogo indica). O jogador tinha que pular entre as carruagens até chegar à locomotiva e evitar obstáculos inimigos. Havia também um nível dentro das carruagens.
Para jogar Stop The Express: [JOGAR]

 

Bonberman (ボンバーマン)


Talvez seja o jogo mais conhecido deste lote de cinco. Bomberman também foi criado pela Hudson Soft em 1983. O jogo foi desenvolvido para vários computadores japoneses: NEC PC, Fujitsu FM-7 e para a linha dos Sharp X1 e claro MSX. Na Europa e para a versão ZX Spectrum o nome foi mudado para Eric and the Floaters. O objectivo do Bomberman (ou Eric na versão europeia) tentar encontrar a saída de um labirinto e para isso tínhamos que matar todos os Floaters presentes que iamos encontrando pelo caminho. O jogo incluía 20 níveis.
Para jogar Eric And The Floaters: [JOGAR]

 

Pang (パ ン)


Também conhecido como Pomping World (ポンピング・ワールド) é um jogo coorporativo de dois jogadores lançado em 1989 pela empresa japonesa Mitchell Corporation. O lançamento nos Estados Unidos pela Capcom teve direito a uma mudança de nome e ficou Buster Bros. O jogo contava a história de dois irmãos que tinham a missão de destruir umas bolas que aterrorizavam vários locais e cidades do nosso planeta azul. Na versão para o ZX Spectrum ficou conhecido por Bubble Buster e foi produzida pela Ocean Software em 1984.
Para jogar Bubble Buster: [JOGAR]

 

Golden Axe (ゴールデンアックス)


Foi desenvolvido inicialmente pela SEGA para as arcades estávamos nós em 1989. O jogo tinha a sua acção num mundo de fantasia medieval onde encarnávamos um dos três heróis (o bárbaro Ax Battler, a anão Gilius Thunderhead ou a bela amazonas Tyris Flare) e que tinhamos como missão recuperar o lendário Golden Axe (Machado de Ouro) e derrotar o maligno de Death-Adder, que tinha sequestrado o rei e sua filha. No ano seguinte viu a sua versão para ZX Spectrum a ver a luz do dia pelas mãos da Team Shinoni e publicado pela Virgin Mastertronic Ltd.
Para jogar o Golden Axe: [JOGAR]

 

Out Run (アウトラン)


O jogo nasceu depois do designer Yu Suzuki ter viajado pela Europa. Out Run é um jogo de corridas que foi lançado inicialmente para as arcade pela Sega em Setembro de 1986. Foi um jogo pioneiro ao nível de hardware e gráficos, bem como pela sua jogabilidade não linear. Outra das novidades era a possibilidade de escolhermos as várias músicas compostas por Hiroshi Kawaguchi. O objectivo do jogo era evitar o transito e chegar a um dos cinco destinos. Em 1987, o ZX Spectrum recebe a versão do jogo publicado pela Probe e editado pela US Gold.
Para jogar o Out Run: [JOGAR]

 

Foram cinco jogos mas podiam ser mais cinco ou ainda mais dez. Mas quem sabe não façamos mais um artigo com mais uns jogos que foram criados no Japão e que depois vieram para o computador europeu ZX Spectrum. Ou então ficamos à espera das vossas sugestões para criarmos esse novo artigo.

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.