Loading...
ArtigosJogos

Moero Downhill Night

Moero Downhill Night é um eroge com um estilo diferente de todos os outros já lançados pela JAST. Apesar de conter várias heroínas e de haver vários fins românticos possíveis a acção principal acontece a volta do mundo das corridas Downhill no Japão e o resultado é acima de tudo entretenimento puro com um toque de erotismo.


O nosso protagonista Daichi Shou é um simples rapaz de entregas num restaurante de “Soba” até ao dia em que ao fazer uma entrega envolve-se num acidente com o táxi da bela Konosaki Michi. Ele que nem carta de condução tinha é agora um condutor incrível capaz de guiar qualquer automóvel. Juntamente com Michi entra no mundo das corridas.

O jogo não leva praticamente nada a sério, mas no meio de tanta paródia não deixa de ter um certo charme, as várias heroínas também são bastante carismáticas e do mais maluco possível.

Começamos pela Michi, uma taxista com paixão pelas corridas, depois temos Kyouko, dona de uma loja de kimonos mas que é também a líder de um grupo de corridas só composto por raparigas. Yano Maria é uma freira com um interesse pelas corridas, Yuuna uma “Loli” rica que arrasta o irmão para as corridas como seu piloto e finalmente a silenciosa Lily Teal a miúda do nosso melhor amigo que é um piloto conhecido como “black devil”. Este elenco maluco irá proporcionar grandes momentos de comédia onde as corridas são o palco para momentos verdadeiramente hilariantes.

Mas a verdadeira acção acontece dentro das próprias corridas aí o Downhill ganha uma vida nova já que devido ao uso de um discurso mais intenso e da utilização de várias manobras em 3d feitas pela mesma equipa que fez o Initial D. Estas manobras conseguem transmitir um pouco da adrenalina da corrida ao jogador e é um factor importante para as nossas escolhas dando a vitória ou a derrota aos personagens. O uso das cenas em 3d dá uma intensidade bastante boa às corridas que estão muito bem construídas.

Quanto ao “artwork” para além do uso dos CG´s dentro das corridas o resto não é diferente do que costuma aparecer na maioria dos eroges.
A banda sonora é composta por temas intensos para acompanhar a acção das várias corridas. O tema da corrida final provavelmente deve ser uma das coisas mais malucas e patetas que já ouvi, mas cai que nem uma luva para o encerrar do pano.


Sendo este jogo catalogado como um eroge, os fãs deste tipo de jogos podem ficar desiludidos, isto porque, as cenas eróticas não ocupam muito do jogo. Cada heroína tem duas cenas mais quentes “normais”, ao contrário de outros jogos onde por vezes assistimos a cenas extremas ou fora do padrão normal.

Para concluir, devem experimentar este “eroge” sem estarem à espera de algo de profundo ou de grandes histórias de amor. Moero Downhill é uma paródia às séries de corridas e oferece-nos inúmeros momentos em que é impossível não acabar às gargalhadas.

Autor: Roberto Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.