Conhecidos no Japão como Meikyū Kyōdai (迷宮兄弟), Para e Dox (ou Mei – 迷 e Kyu – 宮, cuja junção significa labirinto em japonês) são dois irmãos gémeos que surgiram como antagonistas no primeiro grande story arc da primeira temporada do popular anime, Yu-Gi-Oh.

Duelistas ao serviço do vilão Maximillian Pegasus, os Paradox funcionavam como uma espécie de bosses durante o torneio Duelist Kingdom. Como já seria de se esperar, o duo vai encontrar-se com Yugi e Joey desafiando-os para um duelo conjunto (a primeira vez que tal acontece na série).

Os Paradox partem para a contenda com a vantagem que lhes é concedida pela sua carta, a Labyrinth Wall. A mais poderosa carta do baralho dos Paradox é o Gate Guardian, um monstro dantesco com  vastos poderes elementais.

Ainda assim, e apesar de serem oponentes formidáveis, o duo será vencido pelo Black Skull Dragon de Yugi e Joey. Os Irmãos gémeos voltariam no arco seis, a.k.a Waking the Dragons, sob a forma de espíritos, combatendo o Mai Valentine e Vivian Long. De salientar que este arco é exclusivo do anime.

Os Paradox seriam ainda usados como antagonistas na série Yu-Gi-Oh! GX, onde são contratados pelo Dr. Crowler para testarem as habilidades do protagonista Jaden e do seu amigo Syrus.

Para além do seu Gate Guardian, os Paradox têm uma nova poderosa carta no seu baralho, o sinistro Dark Guardian. No entanto, e para variar, o duo não será bem sucedido, sendo vencido uma vez mais.

Convém salientar que o título de Paradox não é exclusivo dos irmãos. Existe outra personagem que ostenta esse nome, sendo que esse é nada mais, nada menos que o antagonista do filme Yu-Gi-Oh! 3D Bonds Beyond Time. O Paradox desta película de 2011, é um sobrevivente de um futuro apocalíptico.

Vendo o jogo de Duel Monsters como a causa para tal, Paradox viaja no tempo com o objectivo de eliminar o criador do jogo, Maximillian Pegasus. Tal acção colocá-lo-á em confronto directo não apenas com Yugi, mas também com os seus sucessores, Jaden e Yusei.

Escrito por: Ivo Silva