Loading...
ArtigosEntrevistasMúsica

[Entrevista] : Naoyuki Asano

Viaja pelo mundo em busca de sonoridades obscuras em vinil. Recentemente escolheu Portugal para ser o seu novo destino em mais uma caça à rodela preta. Naoyuki Asano aka ( asn) esteve no Porto a convite da promotora Aventuras em Movimento para mais uma dessas sagas musicais. O Club Otaku conversou um bocado com o japonês.

1

Qual foi o primeiro disco da tua colecção? Como o conseguiste? Com que idade? Podes descrever a
sensação que tiveste?

Humm, não me lembro, mas o primeiro disco talvez tenham sido o disco “10cc/the original sound track”. Foi há uns 12 anos atrás. Não estou apaixonado mas aínda é um dos meus clássicos.

Quem te pôs o gosto pela música?
A minha mãe, ela é professora de piano clássico.

Porquê vinil?
Porque gosto muito de sons obscuros dos anos 70 e 80, e a maior parte deles estão apenas editados em vinil.

Tens algum gosto e género musical preferido?
Não, todos os géneros são bem-vindos.

Nos dias de hoje onde compras os discos: feiras, lojas, dealers, ebay ou outras lojas online?
Eu compro em todo o lado, mas sem dúvida, que a forma mais atractiva e que gosto mais é ir às lojas caçar vinil.

Acreditas que coleccionar vinil ajuda a preservar a nossa herança musical e cultura?
Claro que sim. Eu acredito que o vinil foi, é e será o suporte de média mais impressionante.

Quando vais comprar um disco tens alguma rotina especial quando entras numa loja?
Não, mas a primeira coisa que faço é escolher os discos pelas capas. A primeira impressão é muito importante para mim.

2

Quando vai procurar discos (digging)? Costumas ir acompanhado ou sozinho?
Não escolho. Já calhou ir sózinho mas também vou acompanhado.

Qual é tua história mais triste com discos?
Há pouco mais de um mês encontrei uns discos que já procurava há bastante tempo, mas quando vi os discos que estavam no interior das capas eram coisas totalmente diferentes.

Qual foi o último disco que compraste?
jim porto / rio

Qual é teu gira-discos?
Um Technics sl-1200mk3

Umas últimas palavras para os leitores do Club Otaku.
Esta é a primeira vez que visito Portugal, por isso estou ansioso por chegar o dia para o meu djing. Talvez apenas toque projectos japoneses e coreanos.
Já agora, recentemente editei uma mix “Walearic 12” pela Coconuts Disk Ekoda Japan.
Espero que ouçam ( http://soundcloud.com/walearic2/walearic-12 ).

Blogue: http://musk31as.blogspot.pt
Facebook: https://www.facebook.com/naoyuki.asano?fref=ts

Entrevista por: Fernando Ferreira

2 comments
    1. t3tsuo

      Não tenho dúvidas nenhumas que o som foi muito bom e tenho mesmo pena de não ter conseguido ir. Quem sabe para uma próxima edição eu não dê um saltinho até aí ao Porto para uma dessas sessões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.