Loading...
ArtigosCulturaSociedade

Cinco Festivais Tradicionais do Japão

A cultura nipónica é muito vasta, explorando diferentes momentos, temas e épocas. Inserido no âmbito cultural existem precisamente as festas ou os festivais típicos de uma região, ou em comemoração de uma divindade religiosa, ou até mesmo inserido num ambiente mais popular, ligado por exemplo ao folclore tradicional.

Destacamos cinco festas/festivais, que quem andar pelo Japão poderá ficar a conhecer:

Janpu Fesuta (ジャンプフェスタ)


Trata-se de uma festa anual ou um evento dedicado à cultura pop, que acontece no Japão, patrocinado pela Shueisha, a maior editora nipónica, dedicado ao anime, manga, filmes, merchandising e até mesmo jogos, principalmente da Namco Bandai e da Square Enix, com demonstrações que fazem as delícias do público. Esta espécie de exposição conta ainda com mangakas de séries bem populares, desde as mais antigas às mais recentes, onde respondem a perguntas dos fãs. A primeira e última edição desta convenção aconteceu respetivamente nos anos de 1985 dando início à “Anime Tour” e em 2010. 

Kanda Matsuri (神田祭)


É um dos três grandes festivais xintoístas que acontece na cidade de Tóquio, juntamente com o Fukagawa Matsuri e o Sannō Matsuri. A sua origem remete ao século XVII, em celebração da vitória de Tokugawa Ieyasu (o fundador do Xogunato no Japão), na batalha de Sekigahara, e na manutenção da prosperidade do Xogunato de Tokugawa durante o período Edo. O Festival é também uma forma de homenagem a Kami, espíritos que pertencem a esta religião e ao próprio Santuário de Kanda Myōjin, localizado em Chiyoda. Acontece no Sábado e Domingo próximo do dia 15 de Maio, mas como alterna com o Sannō Matsuri, só se realiza em anos ímpares, cheio de música, dança e carros alegóricos.

Gion Matsuri (祇園祭)

Realiza-se na cidade de Quioto e é um dos mais conhecidos do Japão. Acontece todos os anos no mês de Julho e é formado por um desfile, o “Yamaboko Junko (山鉾巡行 )”, que tem lugar a partir do dia 17, e é composto por carros alegóricos repartidos em dois grupos Hoko e Yama, decorados respetivamente com lindíssimas tapeçarias de Nishijin ou até mesmo importadas. A região central da cidade é reservada durante três noites para o respetivo evento, cada uma com a sua designação: dia 14 (yoiyoiyoiyama); dia 15 (yoiyoiyama) e dia 16 (yoiyama). As ruas enchem-se de alegria, de pessoas e de barraquinhas de comida, desde yakitori, taiyaki, takoyaki, okonomiyaki, aos doces tradicionais. Nesta altura, os cidadãos costumam vestir-se com a típica yukata, completando assim o cenário festivo. Pelo dia 16 realiza-se também o Byobu Matsuri, permitindo a todos a oportunidade de visitar uma residência japonesa, através da exibição valiosa de heranças familiares. Este festival remonta ao ano de 869, e teve a sua origem num ritual de purificação “goryo-e”, com a finalidade de acalmar os deuses, evitando assim, a ocorrência de desastres naturais como incêndios, terramotos ou inundações.

Tenjin Matsuri (天神祭)

Acontece na cidade de Osaka e é um dos três festivais mais populares do país do sol nascente. Provém do século X e realiza-se todos os anos entre 24 e 25 de Julho, com procissões em terra e no rio acompanhadas por fogo de artifício. É o Festival do Santuário de Tenmangu em honra de Sugawara Michizane, uma divindade ligada aos estudos. No dia 24 a celebração começa com um ritual no Santuário, acompanhada por crentes que pedem pela proteção, paz e prosperidade de Osaka. Da parte da tarde, homens vestidos a rigor informam a população em como a preparação do festival está completa. O evento começa a partir do dia 25 às 15:30h, iniciado por homens com chapéus vermelhos que seguem pelas ruas tocando bateria. A procissão é cheia de vida, de grandes atrações de entertenimento, como leões dançarinos, entre outros, e é levada até ao rio Okawa pelas 18h, e os fogos de artifício têm o seu auge pelas 19:30h. O final da celebração acontece pelas 22h com o retorno do “mikoshi” (palanquim sagrado que os japoneses acreditam conter o espírito da divindade), ao Santuário.

Jidai Matsuri (時代祭り)

É um Festival Tradicional de Eras, que acontece todos os anos na cidade de Quioto, a 22 de Outubro. É um dos três grandes festivais que acontecem na região, juntamente com o Aoi Matsuri de 15 de Maio e o Gion Matsuri de 17 a 24 de Julho. Trata-se de uma recriação histórica, composta por várias personagens vestidas a rigor e caracterizadas segundo a época feudal, passando pelo Xogunato de Tokugawa, ao período Edo. Este festival data de 1868, ano da deslocação da capital nipónica para Tóquio. O governo de Quioto comemora o 1100º aniversário da fundação de Heian-kyō, designação antiga da cidade por volta de 794. A primeira comemoração desta festividade remete para 1895, ano em que foi construído o Santuário Heian em honra do espírito do Imperador Kanmu e em 1940 passava a consagrar igualmente o Imperador Komei, pelo seu papel na afirmação de Quioto como sendo um importante centro político. O Festival começa da parte da manhã com o “mikoshi” trazido do Antigo Palácio Imperial. Seguido por uma procissão de 5 horas e 2 km, que começa da parte da tarde, composta por cerca de 2 mil participantes vestidos de samurais, outras figuras militares e também pessoas comuns, retratando, desde as eras mais antigas ao período Meiji. A procissão é acompanhada por mulheres e por uma banda militar que toca o “gagaku”, terminando no Santuário Heian.

É sem dúvida muito interessante e até mesmo enriquecedor podermos ficar a aprender um pouco mais sobre as raízes ancestrais e populares nipónicas. Quem estiver de visita ou até a viver no Japão, ficam aqui cinco sugestões de festividades que poderá acompanhar in loco.

Escrito por: Mia Mattos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.