Comemora-se hoje (11 de Fevereiro) o “Dia da Fundação do Japão”, ou Kenkoku Kinen no Hi (建国記念の日). A comemoração remete à data em que o primeiro imperador japonês, o imperador Jinmu, subiu ao poder.

Trata-se de uma data aproximada que consta no Nihon Shoki (um dos primeiros registos escritos sobre a história do Japão) e que foi definida oficialmente em 1873, quando o calendário lunar foi substituído pelo calendário gregoriano no país.

Antes da Segunda Guerra Mundial, este dia era marcado com grandes desfiles, fogos de artifício e festivais, destinando-se a concentrar a atenção nacional sobre o imperador, e foi considerado um dos quatro mais importante 祝日 (feriados) no Japão. Logo após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) o feriado, que até então era chamado de Dia do Império, foi abolido por reforçar a nobreza japonesa.

A data voltou ao calendário oficial no ano de 1966, como Dia da Fundação Nacional, dia para lembrar a importância da cidadania e da pátria japonesa.

No Kenkoku Kinen no Hi, os japoneses mostram o orgulho de ser japonês, podem expressar seu patriotismo ao seu país e exaltar sua bandeira Nisshoki, também conhecida como ” Hinomaru “ou bandeira do sol. A bandeira representa o Imperador e continua sendo um símbolo forte neste dia, onde muitas pessoas as transportam em desfiles e festividades locais nesse dia.