Loading...
AnimeArtigos

Hataraku Maou-sama!

Baseada no “light novel” homónimo de Satoshi Wagahara, Hataraku Maou-sama! (はたらく魔王さま, que podemos traduzir como The Devil is a Part-Timer!) é uma série anime de 2013, com treze episódios. A sua produção esteve a cargo do estúdio White Fox, que já nos trouxe obras como Steins Gate, Akame ga Kill! Ou Gochūmon wa Usagi Desu ka.

1

Satã, o Rei dos Demónios, senhor de todo o mal e soberano de Ente Isla, ao deparar-se com uma situação iminente de derrota frente a Emilia Justina (heroína e defensora do bem em Ente Isla) decide fugir por um portal para o “nosso” mundo em conjunto com o seu fiel conselheiro Alciel, indo parar à cidade de Tokyo.

Desprovidos dos seus poderes e não falando a língua local (no início da série ambos falam o dialeto de Ente Isla que foi criado especialmente para esta série), começam então a procurar uma solução que lhes permita reganhar os poderes e voltar ao seu mundo. Normalmente numa série deste tipo seria de esperar que o Rei dos Demónios fizesse de tudo para voltar à sua terra causando o caos na terra pelo caminho. No entanto o mesmo escolhe adotar a identidade de Sadao Maou e arranjar um trabalho num MgRonald’s (cujo nome faz lembrar uma cadeia de Fast Food bastante famosa…) local, de modo a conseguir chegar ao topo da cadeia corporativa japonesa.

Por outro lado, Alciel, temível general de Satã, torna-se responsável por todas as lides domésticas enquanto pesquisa por uma solução que permita a ambos voltarem a Ente Isla. Ambos moram juntos num pequeno apartamento sem grandes condições. Depressa descobrem que Emilia Justina também viajou pelo mesmo portal, de modo a impedir que estes continuassem a espalhar o mal pelos locais onde passam, o que vai levar a confrontos frequentes entre ambos.

O que torna Hataraku Maou-sama! interessante são as decisões inesperadas tomadas pela maior parte dos personagens, sendo esta basicamente uma sátira às normais séries anime de fantasia, não se desviando exageradamente para o lado do ridículo, conseguindo manter um enredo sério e cativante ao longo dos treze episódios da mesma.

2

As personagens principais da série são todas bastante bem trabalhadas, sendo na sua maior parte habitantes de Ente Isla que se estão a adaptar à vida na terra (à exceção de Chio, colega de trabalho de Maou no MgRonald’s). É hilariante ver Maou, anteriormente soberano de toda uma terra, esforçar-se tanto no seu trabalho, em vez de olhar para este com desprezo como seria de esperar, fazendo uso das suas capacidades estratégicas para criar campanhas de marketing originais para o MgRonald’s. Por outro lado, Emilia Justina parece nunca deixar completamente Ente Isla, dividindo as responsabilidades do seu trabalho num call center com uma vigilância constante das actividades de Maou e Alciel.

Ao longo da série aparecem mais personagens originárias de Ente Isla, todas com as suas próprias particularidades e algumas até bastante bizarras, sendo dado tempo suficiente a cada uma delas para desenvolver minimamente a sua história. Uma das únicas críticas que tenho a apontar em termos de desenvolvimento dos personagens, é o facto de nunca termos uma justificação para a “suposta” mudança de personalidade de Maou quando chega à terra, pois nunca ao longo da série nos é apresentado qualquer testemunho de como era o seu passado em Ente Isla.

A animação da série é atraente e fluída, mesmo sendo uma série cómica na sua maior parte, as poucas cenas de combate que vemos ao longo da mesma estão com uma excelente animação, tornando as mesmas mais empolgantes para o espetador.

3

Em termos musicais a sério não tem uma banda sonora de outro mundo, mas uma que cumpre os requisitos que a série lhe impõe, acompanhando de forma satisfatória tanto as cenas de ação como as cenas de comédia. A opening, intitulada “Zero!!”, ficou a cargo de Minami Kuribayashi, não me chamando muita a atenção da primeira vez que a ouvi, mas fui ganhando gosto pela mesma ao longo da série.

Se tenho alguma crítica a fazer a Hataraku Maō-sama! é o facto da série ser demasiado curta, não tendo um final completamente satisfatório, deixando sem dúvida espaço em aberto para uma segunda temporada da mesma (que seria muito bem vinda).

No geral, se procuram uma série que misture ação e comédia de forma original, fugindo de alguns lugares comuns deste tipo de anime, Hataraku Maō-sama! é uma excelente opção.

Escrito por: Nuno Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.