Loading...
ArtigosGastronomia

Edamame

A primeira referência sólida ao vegetal data do ano de 1275, quando o célebre monge japonês Nichiren Shonin escreveu uma nota agradecendo pelo presente de “edamame” que deixaram no seu templo.

O nome japonês edamame (枝豆), que costuma ser usado para definir o prato e significa literalmente “ramo de feijão” (eda = “ramo”, e mame = “feijão”) e refere-se aos feijões de soja jovens colhidos nos ramos. Edamame também pode significar o prato fervido em sal, um popular acompanhamento servido em izakayas (居酒屋), um tipo de bar japonês que serve alimentos para acompanhar as bebidas.

Na simples confecção deste saboroso aperitivo, o sal é extremamente importante. No Japão, o arajio é a variedade de sal preferida, por ser um sal marinho natural. O sal a ser usado no prato é então humedecido na salmoura, que carrega sabores minerais e oceânicos.

Os grãos de soja verde das vagens são colhidos antes de amadurecerem. As extremidades das vagens podem ser cortadas antes de serem fervidas na água ou cozidas no vapor. O modo de preparo mais comum usa o sal, que pode tanto ser dissolvido na água antes das vagens serem introduzidas, quanto adicionado depois do cozimento. O edamame é servido normalmente depois de esfriar, porém também pode ser consumido ainda quente.

O edamame é rico em carboidratos, proteínas, fibras, Ômega-3 e micronutrientes, especialmente ácido fólico, manganês e vitamina K. Além disso contêm níveis mais altos de ácido abscísico, sacarose e proteína do que outros tipos de grão de soja. Há quem defina os grãos de edamame como “um grão de soja que pode ser comido fresco, e que são mais conhecidos como um aperitivo com um grande factor nutritivo.”, por esse motivo e como queremos ver-vos saudáveis deixamos aqui uma receita super fácil de fazer.

Ingredientes
450g de Edamame
Água
Sal

Modo de preparação

No fogão:
– Lavar o edamame.
– Com as favas ainda molhadas, adicione 10 g de sal para cada 100g de edamame e esfregue-os bem.
– Colocar as favas na água a ferver, deixando-as cozinhar por aproximadamente 5 minutos (até ficarem macias).
– Escorrer e coloque-as em gelo para interromper o cozimento.
– Temperar a gosto.

No Microondas:
– Lavar o edamame.
– Colocar as edamame numa taça com ¼ de água.
– Deixar cerca de 5-6min na máxima potência no microondas até ficarem macias.
– Escorrer a água em excesso.
– Temperar a gosto.

A vapor:
– Lavar o edamame.
– Colocá-los na panela a vapor já com água a ferver.
– Cozinhar entre 8 a 10 minutos.
– Interromper a cozedura com gelo.

Se preferirem também podem juntar molho de soja, limão ou vinagre de arroz em vez do sal antes de serem servidas. O edamame pode ser comido quente ou frio e acompanha bem uma cerveja Sapporo, Asahi, ou mesmo Kirin.

A forma de comer o edamame é idêntica ao famoso tremoço, coloca-se a vagem na boca, trinca-se e aperta-se e glup… oishiii ^_^

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.