Loading...
ArtigosCultura

Host Clubs: O que são?

Chegando ao bairro de Kabukicho deparamo-nos com grandes cartazes publicitários cheios de rostos de jovens e bonitos rapazes… É assim que somos recebidos e entramos no mundo dos hosuto kurabu (ホストクラブ) que em inglês tem o nome de Host Club.

Apesar de a grande parte destes Host Clubs se localizarem no bairro de Kabukicho também os podemos encontrar em outros bairros populares de Tóquio ou se formos para Osaca nos distritos de Umeda e Namba de Osaka. O primeiro Host Club foi inaugurado em Tóquio em 1966. Actualmente o número de deste tipo de casas em Tóquio foi estimado em 500, e uma noite de entretenimento não sexual poderá custar entre os 500 e 1000 euros, mas existem mais caros.

Os Host Clubs são únicos e só os podes encontrar no Japão… São clubes onde jovens e bonitos rapazes (os chamados “bishounen”) oferecem os seus serviços de companhia e de entretenimento, ou seja o cliente paga pela sua companhia. E como funciona? Quando se entra num desses clubes é se encorajado a escolher um específico rapaz do “menu”, embora não seja obrigatório, eles fazem questão.

Na primeira vez que vamos a estes locais, os “Host” vão circulando numa espécie de rodízio para os clientes escolherem o que mais agrada. Ao escolhido dá-se o nome de “Shimei – しめい”, ao seleccionado cabe a função de ser o líder da mesa “Tanto – 担当”, normalmente existem mais 2 ou 3 “Host” por mesa. Uma das suas funções como “Host” é incitarem-nos a beber e a que lhes paguemos bebidas, pelo que o valor no final pode ascender a várias centenas de euros. Mas se não tiveres desses problemas podes desfrutar facilmente da companhia de vários e bonitos japoneses, se esse for um dos teus desejos.

Um dos grandes entraves destes espaços e em especial para os estrangeiros é a barreira da língua. Por isso, perguntamos será que estes “Host” falam inglês de forma a que um estrangeiro possa facilmente frequentar um lugar destes? Infelizmente existem poucos locais com “Host” que comunicam em inglês, mas há, o que temos simplesmente de fazer é procurá-los. Quando se percorre o bairro, os que não aceitam clientes estrangeiros, também não os incitam a entrar…

Mas as dificuldades não acabam aqui… Imagine-se que a pessoa sabe falar japonês, será fácil ir a um lugar desses? Talvez não, em muitos sítios não aceitam estrangeiros com medo que eles não saibam as regras de conduta desses locais, coisa que o comum japonês possui, mas não custa tentar…

Por isso, se forem ao Japão e tiverem algum interesse em conhecer este tipo de clubes e a língua japonês é uma barreira, porque não começar a aprender a língua (espero que não façam trocadilhos marotos ^_^). Este tipo de clubes podem ser uma motivação para o estudo da língua japonesa. Estar rodeado de lindos e disponíveis jovens rapazes, que durante uma ou duas horas dispõe toda a atenção em nós… pode ser um programa bem interessante, não acham?

Sendo uma actividade culturalmente aceite no Japão era lógico que estes “Host Clubs” fossem transportados para outras plataformas como por exemplo a banda desenhada japonesa. Um dos títulos mais conhecidos e de maior sucesso no Japão é o mangá Ouran High School Host Club (桜蘭高校ホスト部, leia-se Ōran Kōkō Hosuto Kurabu) que foi escrito e desenhado por Bisco Hatori e que foi publicado na revista LaLa entre 2002 e 2010. Teve um total de 18 volumes. O sucesso foi tão grande que teve direito a anime, dorama (as famosas “telenovelas”) e um filme live action.

Neste mundo dos Host Club também temos as verdadeiras estrelas. O mais conhecido e famoso é o apresentador ROLAND que além de deter vários recordes em relação à carreira de host, ele também é empresário detendo um “pequeno império” de Host Clubs. O artista Jin Shirosaki e o comediante Hiroshi também foram dois dos mais famosos anfitriões.

Antes de terminar, digo-vos já uma coisa e quem avisa, teu amigo é… Não se esqueçam de levar a carteira ou cartão de crédito bem recheado… Mas o que são “alguns” euros por uma experiência incrível, ou não, depende de cada um.

Escrito por: Isabel Lourenço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.