Loading...
EntrevistasManga

[ENTREVISTA] : Sendai Editora

A poucos dias de entrar no mercado nacional mais um mangá para gáudio dos fãs de banda desenhada japonesa, o ClubOtaku foi ao encontro da pessoa que está por trás da Sendai Editora. Estivemos à conversa com o Cassiano Soares para ficarmos a saber um pouco mais sobre a editora. Esperamos que gostem da entrevista:

01. Antes de começarmos a falar da editora e de mangá, fala-nos um pouco sobre o teu trajecto. Quem é o Cassiano?
Olá, chamo-me Cassiano Soares, sou engenheiro, mas desde sempre fui apaixonado pela cultura japonesa. Estudo japonês desde 2007 e em 2014 fiz intercâmbio durante um ano no Japão.

02. Quando surgiu a ideia para criar a Sendai Editora?
Foi por Junho de 2020, já leio e colecciono mangás há uns 15 anos e pelo que percebo do mercado português de BD, há espaço para mais mangás. Mas via que nenhuma editora ia investir nisto e então pensei, porque não eu fazer? Estudei bastante e usei minhas economias para abrir a editora.

03. E já agora por curiosidade, existe algum motivo para a escolha deste nome?
Quando fiz o intercâmbio, morei em Sendai, na província de Miyagi, daí o nome. Além disso o nome é fácil de lembrar e escrever.

04. Depois do nome criado, como foi todo o processo de escolha de potenciais títulos para serem editados?
Tenho uma grande lista com títulos que eu quero publicar, lista de mangás que já li que são bons, “lista de melhores mangás” de críticos, títulos que seriam apropriados para Portugal, etc.

05. E como chegaste à escolha do mangá do Hideshi Hino para ser o primeiro título da editora?
Já tinha lido a edição brasileira e gostado. Filmes, séries e livros de terror estão populares actualmente. Além disso é para um público mais adulto, um título diferente e um género não explorado em Portugal.

06. O primeiro mangá do catálogo é um título de terror. A Sendai está a pensar seguir esta linha editorial ou haverá espaço para outros géneros?
Haverá espaço para todos os géneros, mas o “feedback” dos leitores é fundamental! Já tenho planeado outro geéero para publicar.

07. Mudando um bocadinho o assunto e falando do panorama nacional. Como vês o nosso mercado editorial em especial o mangá?
Sinto que está a crescer. Mesmo durante a pandemia, as editoras não sofreram muito ou publicaram um pouco mais. Da parte do público sempre há interesse por títulos novos ou que sejam editados mais rapidamente, então não creio que está mal. Relativamente ao mangá, ainda há muito espaço para crescer, há inúmeros títulos para serem editados e o potencial é enorme. Mas talvez outras pessoas não estão a ver isso.

08. Achas que o mercado mangá tem crescido nestes últimos dois anos devido à pandemia? Como as pessoas estão em casa tem mais tempo para ler?
Sim, está crescendo bem, pelo que acompanho. Não só mais tempo, mas mais dinheiro pois não gastam com outras coisas. Além disso, séries e filmes vem da BD, o que pode atrair novos leitores.

09. Voltando à editora Sendai. A escolha pela edição de volumes únicos é uma excelente opção. mas pensam em editar séries com mais do que um volume, por exemplo séries de 2 ou 3 volumes ou mesmo séries de 6 volumes em edição de 2 em 1?
Sim, o plano é publicar todo tipo de mangá. Mas para isso é preciso que a empresa esteja mais sólida e que os leitores confiam e invistam.

10. Numa publicação no instagram da editora vimos uma imagem de um mangá hentai. Achas que a editora poderá também lançar alguns desses géneros mais adulto?
Não tem porque não ser publicado. Assim como boys love, yuri, etc.

11. Pelo que nos apercebemos os mangá inicialmente não vai ser vendido em livrarias. Por isso, para quem quiser e estiver interessado em adquirir o mangá PANORAMA DO INFERNO, do Hideshi Hino como o poderá comprar?
Poderá comprar em http://www.sendaieditora.com, com portes grátis.

12. E a clássica pergunta para terminarmos. E projectos para o futuro da Sendai? Podes revelar qual será o próximo título? Ou pelo menos por que letra começa o título do próximo mangá a ser lançado?
Ainda está cedo para novidades. Já estou a trabalhar no próximo título. Mas podem já ficar a saber que será diferente.

13. E agora pedíamos para deixares umas palavrinhas aos nossos leitores e à comunidade que gosta da cultura japonesa e em especial os leitores de mangá.
Muito obrigado pelo apoio de todos. A recepção foi muito maior do que esperava. Também sou fã da cultura japonesa e gostava que mais livros, mangás, filmes e produtos estivessem a disposição de todos. Por isso o sucesso da editora também depende de vocês.

[ REDES SOCIAIS DA SENDAI EDITORA ] :
SITE: http://www.sendaieditora.com
IG: https://www.instagram.com/sendaieditora/

Entrevista por: Fernando Ferreira

2 comments
  1. Gil Santos

    Muito boa a entrevista. Parabéns. Força Cassiano!! Força Sendai Editora!! Temos que dar valor a estas novas editoras para que o mercado fique maior e com mais diversidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.