Loading...
MúsicaNotícias

Haruki Murakami lança Murakami Jam

Toda esta situação pandémica que estamos a viver transforma-nos, por isso é natural que tenhamos que encontrar novas formas para vivermos esta nova normalidade. Também o escritor Haruki Murakami teve que procurar uma nova forma de lidar com a pandemia, e a solução foi a bossa nova.

O romancista apresentou ontem no dia dos namorados o seu projecto e evento musical, “Murakami Jam — Blame it on the Bossa Nova,” na famosa rádio Tokyo FM, no qual, durante duas horas, além da música e da conversa, leu o conto “1963/1982 – A Rapariga de Ipanema”, em que relata o encontro imaginário com a protagonista da conhecida canção brasileira, acompanhado à guitarra por Kaori Muraji. Este programa também serviu de moto para a comemoração dos 50 anos da TOKYO FM.

O evento foi assistido ao vivo por 100 fãs, escolhidos através de sorteio, e estará disponível para vermos com legendas em inglês, estará disponível a partir de quarta-feira, 17 de Fevereiro até 24 de Fevereiro. O link é este: https://tokyofm.zaiko.io/_item/334392
O bilhete custa 4000 mil ienes (cerca de 30 euros) e as sessões, são organizadas no âmbito do programa “Murakami Radio”, que o escritor de 72 anos faz há algum tempo na Tokyo FM. O programa contou com vários artistas japonesas que interpretam bastante bem a música brasileira, como é o caso das cantoras Ono Lisa e Mia Sakamoto e os os pianistas de jazz, Junko Onishi e Yosuke Yamashita.

É sabido que o autor é um amante incondicional da música em especial o jazz e a bossa nova. Constantemente referido com um possível vencedor do Nobel da Literatura, Murakami transforma-se em DJ de dois em dois meses, no programa “Murakami Radio”, passando as músicas que ouve e recomenda.

Não estranhem os japoneses gostarem de bossa nova, pois como dizia o Senhor Tanaka (Fantastic Plastic Machine): “Acreditem ou não, japonês tem bossa nova no coração” (excerto da letra Pura Saudade).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.