Loading...
ArtigosCinema

Kuriyama Chiaki

Tornou-se mais conhecida no Ocidente no filme de Kinji Fukasaku em 2000 interpretando o papel de Takako Chigusa no filme Battle Royal, mas o seu salto mesmo para a ribalta foi quando apareceu como Gogo Yubari no filme de Bill Quentin Tarantino em 2003, Kill Bill: Volume 1.

Nascida a 10 de Outubro de 1984, Kuriyama Chiaki (栗山千明) viveu praticamente a sua infância em Tsuchiura, Ibaraki. Foi uma modelo popular durante o a moda dos modelos infantis no Japão em meados dos anos 90. Em 1997, aparece nos álbuns de fotos Shinwa-Shōjo (Garota de Mito) e Shōjokan (Residência das Meninas), fotografados por Kishin Shinoyama. Shinwa-Shōjo tornou-se um best-seller, mas, como continha alguma nudez, foi descontinuado pela editora em 1999, após a instituição de novas leis contra a pornografia infantil. Durante este período Kuriyama também posou como modelo para as revistas de moda infantil Nicola (1997–2001) e Pichi Lemon (1996–2001).

A sua carreira como actriz de cinema começa em 1995 com o filme Toire no Hanako-san (1995) onde interpreta a personagem de uma pequena criança, depois chegaram os filmes onde alcançou um amplo reconhecimento como actriz no Japão por seus papéis principais nos filmes de terror Shikoku (1999) e Ju-on (2000) e no mesmo ano dá-se o grande salto na sua popularidade no filme de acção de 2000 Battle Royale como Takako Chigusa.

Este sucesso em ascensão leva-a a fazer várias aparições em ​​programas de televisão japoneses (incluindo Rokubanme no Sayoko), e em 2004 viaja para Hollywood para participar no elenco do filme de Quentin Tarantino, Kill Bill: Volume 1 como Gogo Yubari, uma guarda-costas da chefe yakuza O-Ren Ishii (interpretado pela Lucy Liu).

A sua carreira profissional como actriz continua e a lista de aparições no cinema não pára de crescer e podemos destacar alguns dos seus papéis principais em filmes com: Azumi 2 – Death or Love, The Great War Yokai de Takashi Miike e mais recentemente (2017) a adaptação para live-action do mangá Blade of the Immortal onde dá vida à personagem Hyakurin.

Como é habitual entre as actrizes japoneas, além da sua carreira no mundo do cinema elas também tentam a sua sorte como cantoras. Em 2010, lança o single CD “Ryūsei no Namida” na DefStar Records sob o nome de artista “CHiAKi KURiYAMA”. Este tema foi usado como o primeiro tema final da série de anime Mobile Suit Gundam Unicorn. Depois deste single seguiram-se outros três sob o nome dela, e dois eles foram escolhidos para temas de aberturas de séries de anime: “Kanōsei Girl” foi usada como o terceiro tema de abertura para Yorinuki Gin Tama-san e “Cold Finger Girl” foi usada como a abertura para a adaptação anime do Nível E.

Ao longo da sua carreira, Chiaki Kuriyama venceu dois prémios pelo seu trabalho como artista, o primeiro em 2004 venceu o prémio MTV Movie Awards pela melhor luta num filme em Kill Bill: Vol. 1 e cinco anos mais tarde recebe o prémio de melhor actriz no Fantastic Fest no filme Battle League Horumo, um filme que mistura acção, fantasia e comédia realizado por Katsuhide Motoki. O seu mais recente trabalho foi a participação no filme Chiwawa-chan (2019), de Ken Nimomiya e que é baseado no mangá com o mesmo nome da autoria de Kyôko Okazaki (Pink e Helter Skelter).

Para aqueles que gostam sempre de saber um pouco mais sobre a actriz, Chiaki Kuriyama tem como seus filmes favoritos: Pulp Fiction (1994), Trainspotting (1996) e Oldboy(2003), quanto a realizadores de eleição a sua lista é a seguinte: Quentin Tarantino, Danny Boyle, Edgar Wright, Chan-wook Park, Stanley Kubrick e Martin Scorsese. Dos seus hobbies além de cantar e que faz como profissão também gosta muito de jrock e a sua banda preferida são os L’Arc~en~Ciel.

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.