Loading...
ArtigosCinema

Nihonjin no shiranai nihongo

Uma das formas de aprendermos qualquer língua estrangeira ou a cultura de um país é vermos filmes dos próprios países. Para quem quer aprender o japonês uma das formas é vermos os Dorama (que são o equivalente às nossas novelas) porque muitos deles mostra-nos como é o Japão na actualidade, o dia-a-dia naquele país e ouvimos a própria liíngua. Nihongojin no nihongo shiranai é um dorama que contém todos esses elementos e muito mais.

Haruko (Naka Riisa) tem como sonho ser professora primária, mas que teve que dar aulas de japonês a estrangeiros a pedido de uma amiga também professora enquanto não consegue realizar o seu sonho. Haruko é uma “fashion victm” e por causa disso não é bem-vista na escola de línguas, pois pensam que o seu aspecto mais “rebelde” não a ajudam a leccionar a língua. No entanto com o passar do tempo ela vai conquistado a amizade dos restantes professores Shibuya Taiyo (Aoki Munetaka) e Katori Miyuki (Harada Natsuki) e o responsável da escola Takasu Kazuki (Ikeda Narushi).

Nihongojin no shiranai nihongo , que podiamos traduzir como “O japonês (língua) que os japoneses (pessoas) não sabem” é uma série bastante divertida, muito educativa e extremamente útil para quem quer aprofundar mais o estudo da língua japonesa. Ao longo dos 12 episódios somos confrontados com pequenos detalhes da língua (os sufixos de contagem, as diferentes leituras do kanji, os vários tipos de japonês) ou da cultura japonesa (a cerimónia do chá, a yakuza, os otaku).

Normalmente a forma como os estrangeiros aprendem o japonês nos seus países é bem diferente e muito mais formal do que a maioria dos japoneses costumam usar. Por esse motivo, Haruka vai ter alguma dificuldade e contratempos para ensinar a língua do país do Sol Nascente, apesar da sua inexperiência ela trata bem os seus alunos.

Um dorama que fala sobre a língua japonesa não podia esquecer-se de Portugal. O nono episódio da série fala sobre os missionários portugueses e na sua dificuldade em aprender a leitura de alguns caracteres como por exemplo o Pa (は) por ser igual ao do Ha (は), por esse, motivo diz-se que foram os ditos missionários os inventores do círculo ao lado do caracter para os diferenciar. Terá mesmo sido assim a história?

As personagens estão perfeitamente caracterizadas e falam um japonês correcto embora às vezes parece um “robotizado”. Cada persongem têm a sua própria personalidade e esteriotipos do típico estrangeiro que quer vir e conhecer o Japão. Temos Jack (Blake Crawford) um “business man” americano que fala um japonês formalíssimo e grande fã da cerimónia do chá, Luca (Sebastiano Serafini) um italiano otaku e criador de doushinji, Marie (Dasha) é uma francesa fã dos filmes yakusa dos anos 70, Elaine (Camilla) uma nórdica à procura de ninjas, entre outros. Os actores estrangeiros são completamente desconhecidos, até me atreveria a dizer que este deve ser o seu primeiro grande trabalho, mas isso não implica o excelente desempenho ao longo da série.

O dorama foi transmitido no Japão no ano passado (2010) e foi baseado num manga com o mesmo nome da autoria da mangaka Magiko Umino, que por curiosidade também deu aulas de japonês a estrangeiros. Um dorama essencial para quem quer saber um pouco mais sobre a língua japonesa.

Escrito por: Fernando Ferreira

9 comments
  1. Tami

    Tenho mesmo de ir acabar de vê-lo, só ainda vi o primeiro episódio e adorei ^^ definitivamente um must-watch para todos aqueles interessados em aprender mais algumas curiosidades sobre a língua e cultura Japonesa.

  2. Ogata Tetsuo

    Já vi o dorama completo, são episódios de 30m por isso vê-se bem ^^;
    E vale mesmo a pena, sem dúvida que é um must see.
    E o dorama tem um episódio sobre os portugueses, por isso, ainda gostei mais de ver ^_^;

  3. Ana Nunes

    Eu vi o dorama e tenho contacto do Luca (Sebastiano Serafini), com quem as vezes falo no twitter… conheci-o por causa de uma banda e fiquei surpreendida ao saber que fazia parte do elenco de Nihonjin…
    Tive curiosidade com o dorama quando li a sinopse e gostei imenso :3
    Aconselho vivamente a verem o dorama ^^

  4. Marta

    Não é “Nihonjin no Shiranai Nihongo”? Ou seja, o Japonês que os Japoneses não sabem… Assim como está parece querer dizer “Não sei o Japonês dos Japoneses” 😉

  5. João Sousa

    Vi isto este fim de semana. Foi o meu primeiro Dorama e adorei. Como aluno de Japonês, era mesmo um estimulo destes que procurava.
    Isto deu-me vontade de ver mais doramas, divertidos e alegres, alguma sugestão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.