Loading...
ArtigosCultura

7 padrões japoneses

Uma das peças de vestuário que identifica imediatamente o povo do País do Sol Nascente é sem dúvida o quimono. Segundo historiadores o aparecimento desta vestimenta (uma peça de vestuário chinês na região de Wu) foi devido à enorme influência da China desde o período Kofun até ao início do período Heian, como resultado da imigração em massa do continente e de um enviado japonês à dinastia Tang.

Desde então, o quimono ou kimono (着物 ouきもの) tornou-se uma peça de vestuário tradicional japonês e é utilizada por todo o tipo de população japonesa mulheres, homens e crianças. A palavra “kimono”, no seu sentido literal, pode ser traduzido como “coisa para vestir” (ki = “vestir” e mono = “coisa”).

O quimono é produzido com uma habilidade excepcional a partir de materiais finos tem sido considerado como grandes obras de arte. Muitos desses tecidos apresentam padrões tradicionais e tem significados auspiciosos e desejos de felicidade. Por isso deixamos aqui uma pequena lista dos 10 padrões mais comuns e respectivos significados:

Asanoha (麻の葉)
Este padrão tem como representação as folhas de cânhamo, que para os japoneses tem um significado de forte vitalidade e crescimento vigoroso sem a necessidade de muitos cuidados; por este motivo este padrão era frequentemente usado nos quimonos de bebés e crianças, com a esperança de que eles crescessem grandes e fortes.

Ichimatsu (市松)
Esse modelo apresenta quadrados coloridos diferentes organizados alternadamente. Embora tenha sido um padrão de tecido comum desde os tempos antigos, este padrão ficou conhecido como Ichimatsu no século XVIII, isto porque o actor de kabuki Sanogawa Ichimatsu gostava de usá-lo no seu traje hakama. Caso ainda não tenham reparado este padrão também aparece nos logótipos dos Jogos Olímpicos e Para-olímpicos de Tóquio 2020.

Karakusa (唐草)
Introduzido no Japão pela Rota da Seda; as videiras que se estendem em todas as direcções simbolizam longevidade e prosperidade. Por um motivo desconhecido este padrão, tornou-se conhecido como o padrão do tecido de furoshiki usado pelos ladrões para transportar mercadorias roubadas. O que podemos concluir que em qualquer casa que um ladrão entrasse iria sempre encontrar um furoshiki com o padrão.

Kikkō (亀甲)
Também este padrão representa a longevidade e é inspirado na forma hexagonal da concha das tartarugas. Este modelo tem um estilo auspicioso daí que seja natural que os japoneses conseguissem criar um grande número de variações, incluindo o Kikkō hanabishi , onde o centro dos hexágonos forma flores, e o Bishamon kikkō , criado pela união de três hexágonos.

Mameshibori (豆しぼり)
Este foi o padrão mais popular de toalhas de mão no período Edo. Mame é um jogo de palavras, que significa ervilhas ou feijões, além de robustos e saudáveis. A palavra representa a esperança de permanecer em boa saúde. Actualmente, a maioria dos padrões mameshibori são criados usando técnicas de tingimento ou impressão com “stencil”, portanto os pontos são regulares ao contrário do que era antigamente. Este padrão ‘Mameshibori’ lembra muitas vezes o chapéu de um chefe de sushi.

Seigaiha (青海波)
É um dos padrões mais icónicos. O nome vem da antiga dança da corte gagaku chamada Seigaiha, na qual os bailarinos vestiam fatos com este padrão de uma série de círculos sobrepostos formando arcos que se assemelham a ondas. Apropriadamente, as formas usadas para representar mares em antigos mapas chineses. Os japoneses consideram as ondas como presságios de sorte. Eles também representam resiliência, poder e força táctica.

Tachiwaki (立涌)
É representado por duas linhas curvas que simbolizam o vapor a subir lentamente. Este padrão era habitualmente usado nos quimonos da classe alta durante o período Heian (794-1185). Neste esquema também encontramos variantes conforme a curvatura da linhas, por isso este padrão também pode ter outros nomes como Kumo tatewaku (nuvem) e Sasa tatewaku (bambu).

Estes são alguns dos padões que podemos encontrar nos bonitos quimonos japoneses. Ainda existem outros tantos que poderemos falar deles noutro artigo…
E vocês têm um quimono? E qual é o vosso padrão preferido ou o que acham mais bonito?

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.