Loading...
ArtigoscuriosidadesSociedade

As 5 maiores redes sociais no Japão

Nos últimos anos, houve um crescimento significativo de utilizadores japoneses registados em redes sociais, que normalmente são utilizadas através dos dispositivos móveis, como smartphones ou tablets.

Ao contrário do que acontece em alguns países (em Portugal, o facebook lidera com mais de 4.5 milhões de
utilizadores activos registados), no Japão não existe um serviço de rede social online que esteja significativamente na liderança. Boa parte dos utilizadores japoneses utilizam vários serviços paralelamente, alternando-os sempre.

Assim por ordem de popularidade temos as redes sociais Mobage e Gree, sendo neste momento as mais bem sucedidas no Japão. No entanto, estas duas redes são direccionadas para um dos maiores interesses dos japoneses, os jogos. Enquanto outras redes sociais como Facebook e Twitter focam a troca de conteúdo e organização.

Confiram então a lista das 5 maiores e mais populares redes sociais no país do Sol Nascente.

1O Mobage (40 milhões), é um portal e rede social para jogos. O serviço é uma plataforma que “developers” de aplicações móveis para Android e iOS utilizam para implementar e compartilhar seus jogos com redes de usuários altamente engajados em gráficos virtuais sociais, baseados em interesses.

Mobage está agora disponível no mercado Android em três grandes redes: Japão, China e Ocidente. Só no Japão, são mais de 40 milhões de utilizadores registados. Alguns de seus títulos mais populares são “Blood Brothers” e ”Rage of Bahamut“.

Site oficial: http://mobage.com/

4O LINE (36 milhões) é um serviço de comunicação multi-plataforma e aplicativo, oferecido gratuitamente pelo Naver, da NHN Japan. A funcionalidade básica permite aos usuários enviarem mensagens de texto e fazer chamadas gratuitas com outros usuários que tenham o aplicativo instalado em seus telemóveis.

O serviço foi lançado a 27 de Junho de 2011 e a sua taxa de crescimento tem sido simplesmente incrível, com 80 milhões de usuários registados actualmente – 36,4 milhões dos quais estão no Japão, tornando-o um dos maiores e mais populares serviços de redes sociais online móvel do Japão. Actualmente conta-se que são mais de 200 milhões de pessoas a usar este serviço no mundo inteiro.

Site Oficial: http://line.naver.jp/en/

3O Twitter (30 milhões) teve um grande crescimento e popularidade no Japão há 2 anos, por causa do terremoto e tsunami de 2011. Em Setembro do ano passado, foi lançado no Japão um novo recurso do Twitter, o “Lifeline”, um serviço que ajuda pessoas a terem informações em momentos críticos, como catástrofes naturais ou quando outros serviços de comunicações não puderem ser visitados.

Com o “Lifeline” é possível encontrar e seguir contas locais essenciais no Japão, bastando apenas inserir o seu código postal no twitter.com. Podem também “twittar” sobre terremotos, encontrar informações nos meios de comunicação locais e empresas de serviços públicos que fornecem informações sobre o gás, água ou electricidade. O “Lifeline” por enquanto está disponível apenas no Japão.

Site Oficial: http://twitter.com/?lang=ja

2O Gree (29 milhões) foi criado em 2004, no mesmo ano do Facebook e tornou-se popular no Japão por ser responsável por um dos primeiros jogos móveis sociais do mundo, o “Fishing Star” (2007). Esta rede social japonesa tem 190 milhões de pessoas cadastradas em todo o mundo, sendo que 29 milhões delas, estão no Japão.

No Japão, o Gree foi classificado como a empresa de tecnologia que mais cresceu rapidamente entre 2009 e 2010. Após a aquisição pela OpenFeint, em Abril de 2011, a Gree está em franca expansão global e tudo indica que pode vir a ser em breve a maior plataforma social de jogos móvel do mundo. Até ao momento, Gree oferece aos seus utilizadores, mais de 7.500 aplicativos de jogos para smartphones.

Site Oficial: http://jp.product.gree.net/

5O Mixi (25 milhões) foi lançado em Fevereiro de 2004 e ao longo do tempo tornou-se a rede social mais visitada no Japão. Para se juntar a esta rede social é necessário ser convidado por um membro já registado. Como só podem entrar membros convidados, as páginas são privadas e portanto não são indexadas pelo Google.

Diante da privacidade e da liberdade de se esconder atrás de um “nickname”, o Mixi acabou por se tornar na preferência para a maioria dos utilizadores de redes sociais no Japão. Na página inicial do usuário é possível ver a lista de amigos, as últimas actualizações, incluindo posts, fotos e notícias das suas comunidades.

No início apenas pessoas de 18 anos ou mais poderiam registar-se no Mixi, no entanto, a partir do dia 10 de Dezembro de 2008, este limite foi alterado e passou a ser possível registarem-se a partir dos 15 anos, mas com algumas restrições.

Site oficial: http://mixi.jp/

6O Facebook (16 milhões) lançou a versão em japonês estávamos no ano de 2008. Inicialmente, a plataforma teve um crescimento lento de utilizadores, isto porque estava a competir com sites japoneses que estavam há mais tempo no mercado da internet, como eram os casos do Mixi, Mobage e GREE.

No entanto, a sua popularidade foi aumentando aos poucos quando algumas empresas conhecidas do Japão começarem a usar o Facebook como ferramenta de marketing para divulgar os seus produtos e negócios na internet. No final de 2012, já haviam 17,12 milhões de usuários japoneses, 300% a mais em comparação ano anterior.

Porém, este número caiu para 13,78 milhões, uma queda de 19,5 % em menos de 6 meses, o que mostra que os japoneses nas redes sociais tendem a ser muito inconstantes e não se sabe ao certo se esta estagnação é temporária ou não. Ao que tudo indica, a queda deveu-se à migração para outras redes. Outro motivo do Facebook perder a popularidade no Japão é que boa parte dos japoneses aprecia a “privacidade” e especialmente o “anonimato”, coisa que não condiz com a política adoptada pelo Facebook, na qual os utilizadores devem comprometer-se a registar o seu perfil real, ao invés de perfis falsos ou avatares.

Site Oficial: http://www.facebook.com/

Apesar do declínio no Japão, o Facebook continua a ser o rei dos serviços de redes sociais online, onde detém mais de um bilhão de pessoas registadas em todo o mundo. E vocês quais utilizam e quais são as preferidas?

 
Ahhhh! E antes que me esqueça… se alguém estiver no Facebook, não se esqueçam de visitar e fazer um like na página do ClubOtaku.

Escrito por: Fernando Ferreira

3 comments
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook