Loading...
AnimeArtigos

Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan

O que me chamou à atenção para este anime foram duas ou três coisas: o primeiro facto foi o título e sinopse bizarra de Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan (撲殺天使ドクロちゃん) e depois foi para a forma com a série foi dividida, duas temporadas. A primeira com 8 episódios e a segunda apenas com 4.

Mas comecemos pelo enredo da história. Dokuro-chan relata a vida de Sakura Kusakabe, um estudante do secundário com uma aparência afeminada e tímido que é secretamente apaixonado pela sua melhor amiga, Shizuki, uma rapariga bonita e simpática. De um momento para o outro não se sabe o que se passou com Sakura mas ele decide Deus ao criar uma tecnologia que faria as raparigas pararem de envelhecer aos doze anos, dando-lhes a imortalidade.

Para resolver esta situação Deus envia os seus anjos ao passado antes que Sakura tenha a ideia de criar a dita tecnologia. É aqui que entra a segunda personagem principal, Dokuro Mitsukai, que é membro de uma ordem de anjos assassinos, chamada Rurutie, e foi destacada para matar Sakura Kusakabe. Acreditando que Sakura pode ser redimido, Dokuro devolve-lhe sempre a a vida depois de o matar impulsivamente. Para aumentar a comédia, temos Sabato, outra assassina da ordem Rurutie que usa seus atributos femininos para completar as suas missões, que foi também enviada para completar a missão de Dokuro: matar Sakura.

Sobre a parte técnica do anime, o desenho de personagens ficou a cargo de Makoto Koga (um “veterano” nestas andanças e com um portfolio imenso) e está bonito e o traço é bem agradável. Os personagens estão bem construídos mas não conseguem atingir o ponto da carisma que estamos à espera e por isso não vamos sentir a falta deles. O enredo da série é simples e a trama é muito desordenada fazendo com que o espectador não se consiga orientar, mas se calhar foi mesmo este o objectivo dos criadores.

A banda sonora das duas temporadas é boa e foi composta por Akira Kawase (Armitage III, Tenchi Muyo!). Quanto aos temas de abertura “Bokusatsu Tenshi Dokuro-chan 2007” e encerramento “Bokusatsu Ondo de Dokuro-chan” são interpretadas pela cantora pop e seiyuu (nome dado aos artistas que fazem dobragens) Saeko Chiba. As duas aberturas, tanto a primeira como a segunda, são muito boas, as letras são românticas, mas com uma agressividade q.b, ou talvez não. Um facto curioso que de certeza foi feito de propósito e que cai que nem uma luva no anime é a cantora desafinar para ainda dar mais ênfase à atmosfera constrangedora da série.

A série passou nas televisões japonesas entre Março e Setembro de 2005, a primeira temporada e em 2007 a segunda temporada. Os episódios tinham apenas 13 minutos e foram produzidos pelos estúdios Hal Film Maker (Love Hina, Last Exile) e com a realização de Tsutomu Mizushima. A ideia original deste anime foi baseado no “light novel” escrito por Masaki Okayu e ilustrado por Torishimo que faleceu no ínicio do ano de 2017.

Dokuro-chan como é também chamado pelos fãs, tem sangue (“crueldade” explícita), tem cenas de comédia em dose exageradas de humor negro, tem romance com umas pitadas de ecchi e muitas coisas mais, ou seja, se queres ver um anime bizarro vê isto, se queres rir-te e ver algo cómico vê isto também. Mas se queres chorar e ver personagens que querias que elas morressem mas estão ali de pedra e cal, vê isto.

Por isso, digo-vos para verem Bokusatsu Tenshi Dokuro-Chan que tem uns pontos a mais que alguns desses isekai clichés ou romances genéricos sem sal.

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.