Loading...
ArtigosCinema

Influências de Star wars em Dragon Ball

Há quase 40 anos, em 1977, estreava um dos filmes que mais marcou a história do cinema nas últimas décadas: Star Wars, realizado por George Lucas. O grande êxito do filme levou à criação de The Empire Strikes Back em 1980 e, três anos depois, de Return of the Jedi. Era o começo de uma saga que influenciaria a vida de pais e filhos, tornando-se inclusivamente num grande ícone da cultura pop. Mas George Lucas tinha ainda muito por contar e em 1999 estreia o primeiro filme de uma trilogia-prequela que conta a história de Anakin Skywalker, o rapaz que se viria a transformar no poderoso Darth Vader. Agora, em 2015, visitando os personagens trinta anos após os acontecimento de Return of the Jedi, Star Wars: The Force Awakens vem acordar em todos nós o amor que temos por este franchise.

Mas este é um site sobre cultura japonesa. E o que tem Star Wars a ver com o Japão, podem vocês perguntar. Bem, tudo! Apesar das inspirações serem óbvias, o próprio George Lucas confessou em várias entrevistas que o seu filho mais querido tem sim uma base na cultura asiática e, em especial, na cultura japonesa. Desde o conceito de “força”, ao fato/armadura de Darth Vader, até ao Lightsaber ou aos penteados de Padme Amidala, entre muitos outros elementos, tudo transpira Japão. Aliás, o próprio Toshiro Mifune, um dos atores prediletos de Akira Kurosawa, foi convidado a interpretar o papel de Obi-Wan “Ben” Kenobi, papel apenas recusado por Mifune ter pensado o filme como uma história para crianças.

starwars02

Curiosamente, Star Wars vem igualmente a influenciar a cultura japonesa, nomeadamente Dragon Ball, o anime que mais marcou a infância e a adolescência de muitos de nós, continuando presente nas nossas vidas, sendo à semelhança de Star Wars um franchise que tem vindo a crescer cada vez mais e que pode ser apreciado por pais e filhos.

Akira Toriyama é um dos jovem que no final dos anos 70 se apaixona pelas aventuras do jovem Luke Skywalker e por todo o universo que o rodeia, uma paixão que o inspira na criação de Mysterious Rain JackDr. Slump e, entre outros, Dragon Ball, publicado originalmente em 1984 na Weekly Shonen Jump.

Antes de começar tenho no entanto de referir dois aspetos. Por um lado, que o artigo consiste em elementos encontrados nas obras criadas por Akira Toriyama mas também em partes da saga que foram escritas por outros artistas, uma vez que, seguem os passos do mestre. Por outro lado, esta não é uma lista exaustiva de todos os elementos que podemos encontrar em ambos os universos, já que isso faria deste um artigo gigantesco. De forma a tornar o texto mais apelativo, decidi englobar apenas os elementos que mais me chamaram a atenção ou que achei mais interessantes.

toriyama

Começando mesmo nos primeiros volumes da saga, durante o capítulo 69 Goku visita Bulma para que ela arranje o seu radar das bolas do dragão. Na página oito vemos a divisão onde Bulma trabalha no radar e nela encontramos um pequeno robot que se assemelha bastante a R2-D2. Ainda que neste caso pareça que o robot esteja a atestar o veiculo de Bulma, as semelhanças físicas são óbvias.

r2d2

Por outro lado, os próprios carros voadores lembram o X-34 de Luke Skywalker.

aircar

Para além de Goku, Bulma, Tartaruga Genial ou Krilin, um outro personagem bastante importante para a história de Dragon Ball é o Mestre Karin, um gato branco que vive na Torre Karin, uma espécie de templo nas nuvens. Não vos lembra nada? Sim, a torre de Karin lembra bastante a Cloud City onde encontramos Lando durante os eventos de The Empire Strikes Back. Apesar das semelhanças serem apenas no seu exterior, sendo que ao contrário de Cloud City, a Torre de Kirin não é uma cidade mas apenas um edifício, é impossível não fazermos a ligação entre os dois locais.

korintower

Quando se fala de Dragon Ball é impossível não falar nas terríveis mas fantásticas batalhas que preenchiam vários dos episódios. Caso os nossos heróis não morressem, ficavam gravemente feridos e eram algumas vezes levados para uma espécie de aquário no qual ocorreria o tratamento. Este relembra o aparelho usado para tratar Luke depois do seu encontro com um Wampa em The Empire Strikes Back.

aquarium

Já em Dragon Ball GT, Goku e Trunks são “congelados” pelo ataque do General Rilldo, cujo transforma tudo em metal, deixando as suas vítimas numa espécie de estado de hibernação. De maneira semelhante, Han Solo é congelado em carbonite durante The Empire Strikes Back.

carbonite

Em O Episódio de Bardock ou Bardock, o Pai de Goku, vemos Frieza destruir o planeta Vegeta com um só ataque, tal como a Death Star destrói o planeta Alderaan: ambos uma ameaça aos objetivos dos vilões de conquistar o universo.

deathstar

Por falar em Bardock, os Saiyan são uma “raça” cujo poder é passado de pais para filhos. Em Star Wars, tanto os Jedi como os Sith são indivíduos fortemente influenciados pela força, sendo capazes de a manipular como mais ninguém. Quanto se sabe essa capacidade é passada de pais para filhos, salvo raras excepções.

sith

A lista de inspirações é bastante extensa e quanto mais pensava em ambas as obras mais coincidências encontrava, como o facto de tanto Luke como Goku serem enviados para outro planeta enquanto bebés após a morte dos seus pais, a existência de várias espécies “alienígenas”, ou os monstros-minhoca que atacam a nave de Goku, Pan e Trunks no asteroid gigante. No entanto, penso ter referido os aspetos mais evidentes e interessantes, que certamente não chegaram a Dragon Ball por acaso.

Espero que tenham gostado e claro, conhecem mais algum elemento que esteja presente tanto em Dragon Ball quanto em Star Wars?

Escrito por: Ângela Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.