Loading...
ArtigosGastronomia

Hiyashi Chuka

Sendo o Japão um país que prima pela sua gastronomia sazonal e adequada às estações do ano, é comum vermos pratos frescos no Verão e quentes no Inverno. Como estamos agora no Verão achámos que seria interessante partilharmos um dos pratos mais famosos no Japão nesta altura do ano. Para além do famoso gelado Kakigori (que podem ler o artigo aqui), outro dos pratos que faz a delicia dos habitantes do arquipélago é o Hiyashi Chuka.

Este prato do Japão é geralmente servido frio (por causa do calor e de ser uma forma de nos “refrescarmos”) e tem como base uma massa de tipo ramen. Não se sabe ao certo como apareceu na gastronomia japonesa, mas uma das teorias é a de que surgiu durante a Segunda Guerra Mundial, devido à imigração chinesa. No entanto, nenhum destes dois países (Japão e China) reivindicam a origem do prato. A palavra Hiyashi Chuka (冷やし中華) é de origem japonesa. Hiyashi significa frio, e remete igualmente para o modo de como este prato é servido, a palavra Chuka significa China, dando-nos, assim, a indicação da origem do prato. Outro dado importante é que este prato pode ser chamado Hiyashi Ramen ou Hiyashi Soba, dependendo da loja e do local onde haja Hiyashi Chuka.

O Hiyashi Chuka consiste num tipo de massa muito semelhante à do ramen que está num caldo, embora também seja possível usar massa Udon. Este caldo é feito a partir da mistura de água, molho de soja, óleo de sésamo torrado, vinagre de arroz, açúcar e gengibre ralado.

Depois dos ingredientes base e do caldo pronto o Chuka pode ter vários tipos de cobertura. Podemos dividir estas coberturas em três grandes categorias: proteínas, vegetais e guarnições. Além destas categorias, há sempre lugar para a improvisação gastronómica, por isso, podemos juntar as mais variadas coisas para confeccionar este prato. Mas voltemos às categorias: a primeira são as proteínas e aqui podemos encontrar presunto, ovo, frango desfiado e frutos do mar, camarão ou caranguejo, rosbife ou até mozzarella fresca. Há também imensas opções vegan baseadas em plantas, como edamame e o tofu.

Na segunda categoria temos os vegetais, e em especial os vegetais de Verão que podem ser comidos crus, como pepino, alface e tomate, são as coberturas mais comuns para o Hiyashi Chuka, mas também podem ser adicionados cenouras, milho e até bróculos e que são, sem dúvida, deliciosos recheios para este prato. E, por fim, temos as guarnições e é aqui que podemos dar asas à nossa imaginação. As guarnições tradicionais consistem em ingredientes como Beni Shyoga (conserva de gengibre encarnado), sementes de sésamo e brotos de kaiware, mas podemos juntar diferentes ervas, como o shiso, manjericão ou até mesmo hortelã. Para os mais aventureiros podem experimentar com bolachas de arroz esfareladas, batatas fritas ou até tobiko (palavra japonesa para ovas e um dos ingredientes mais habitualmente usado na confecção de pratos de sushi).

Mas melhor do que história e o lado teórico deste prato é deixar-vos aqui a receita e todo o procedimento para a confecção desta refeição de Verão:

Ingredientes para fazer a massa
– 200g de massa tipo ramen
– 1 colher (sopa) de óleo de sésamo
– 2 fatias grossas de presunto
– 1 pepino
– 2 ovos
– ¼ cenoura
– 3 tomates cherry
– Mostarda (karashi) (opcional)

Modo de preparação:
1. Lavar a massa em água a correr ou em água fria com gelo.
2. Massajar bem a massa para tirar a fécula da farinha para ter uma boa consistência
3. Cozinhar a massa.
2. Escorrer a água e adicionar óleo de sésamo e reservar.
3. Cortar o pepino, a cenoura e o presunto em tiras finas e os tomates cherry cortados ao meio.

Ingredientes para fazer o caldo
– 6 colheres de sopa de molho de soja
– 4 colheres de sopa de açúcar
– 3 colheres de sopa de vinagre de arroz
– 2 colheres de sopa de óleo de sésamo
– 2 colheres de sopa de água
– 1 colheres de sopa de sementes de sésamo torradas
– ¼ colher de chá de gengibre (ralado)

Modo de preparação:
1. Colocar todos os ingredientes numa tigela e misturar bem com uma colher.
2. Guardar no frigorifico até a hora de servir.

Ingredientes para fazer o Kinshi Tamago
– 2 ovos
– 2 colheres de chá de açúcar
– Sal (q.b.)

O molho precisa sempre de um pouco de açúcar. Uma colher de chá talvez.

Modo de preparação
1. Numa tigela adicione todos os ingredientes e misture até dissolver o açúcar e o sal. Se achar necessário adicione um pouquinho de água.
2. Despejar a mistura numa frigideira untada com óleo e frite a folha de omelete dos dois lados.

Para finalizar o prato e fazer a decoração final é colocar a massa num prato e, por cima, o Kinshi Tamago, o pepino, a cenoura e o presunto. Colocar um pouco de mostarda (karashi) na borda do prato. Despejar o molho por cima antes de servir.

Todos estes ingredientes, para além de darem mais sabor ao prato, põem-no também mais “bonito” e composto. E é aqui que talvez encontremos o ponto mais importante da confecção deste Hiyashi Chuka: o prato deve ter melhor combinação de cores, ou seja, nunca fez tanto sentido a frase “os olhos também comem”.

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.