Loading...
ArtigosGastronomia

Sekihan

Este prato tradicional japonês tem mais de 1000 anos, mas a ideia do prato como algo festivo popularizou-se há apenas 100 anos. É normalmente servido em ocasiões especiais durante o ano no Japão, tais como aniversários, casamentos e algumas festas, como a Shichi-Go-San.

Acredita-se que o sekihan é usado em celebrações porque a sua cor avermelhada simboliza, na cultura japonesa, a felicidade e é a cor que afasta os maus espíritos. Em algumas regiões, é degustado quando uma jovem mulher tem a sua primeira menstruação, sugerindo uma outra origem para a tradição. É servido por todo o arquipélago japonês, mas há algumas diferenças regionais nos ingredientes e na forma como é preparado. Em Hokkaido, em vez do azuki, eles utilizam o feijão “amanatto”, um tipo de feijão grande e adocicado.

O sekihan (赤飯, literalmente arroz vermelho) é um prato feito de arroz mochigome cozido com feijão azuki, o que dá uma cor avermelhada ao prato, e a origem do seu nome. É normalmente comido logo após ter sido cozinhado, mas também pode ser servido à temperatura natural num bentō (marmita) ou em formato de onigiri. O sekihan tradicionalmente é comido com gomashio, uma mistura de sal e sésamo levemente tostado.

INGREDIENTES:
300g de arroz glutinoso (mochigome)
40g de feijão azuki
1/4 de colher de chá de sal

(Para o tempero gomashio)
1 colher de sopa de sementes de sésamo preto
1/4 de colher de chá de sal

MODO DE PREPARAÇÃO:
1. Lavar o feijão azuki e deixar escorrer. Colocar o feijão numa panela, e cobrir com água até os grãos ficarem completamente submersos. Deixar ferver e escorrer a água quente.

2. Colocar novamente o feijão na panela e adicionar 600ml de água e ferver em lume médio. Assim que a água começar a ferver, baixar o lume e colocar uma tampa e deixar ferver 20 minutos. Manter o lume bem baixo para evitar que os feijões cozinhem demasiado.

3 . Abrir a tampa e experimentar um grão de feijão para verificar a textura. Se estiver macio, com excepção da parte bem ao meio, é hora de desligar o lume.

4. Usando uma peneira e uma tigela, escorrer os feijões azuki e reservar a água que foi utilizada no cozimento. Cobrir os feijões com uma película de plástico ou com uma tampa para evitar que ressequem.

5. Colocar a tigela com a água do cozimento do feijão dentro de uma outra tigela maior contendo água gelada para arrefecer. Use uma concha para tirar um pouco de água do cozimento e despejar novamente na mesma tigela menor, fazendo com que o líquido oxide ao entrar em contacto com o ar. Esse procedimento ajuda o líquido a obter uma coloração mais clara e brilhante.

6. Lavar bem o arroz 3 ou 4 vezes e depois deixá-lo na peneira a escorrer durante 10 minutos.

7. Assim que a água do cozimento do feijão estiver à temperatura ambiente, colocar o arroz numa panela e despejar 330ml da água do feijão. Caso tenha menos que 330ml, simplesmente acrescente um pouco mais de água para chegar ao volume estipulado.

8. Deixar o arroz absorver o líquido avermelhado por cerca de 30 a 40 minutos. Acrescentar sal e misturar. Colocar os feijões azuki por cima do arroz, feche a panela e cozinhe em lume médio.

9. Quando começar a ferver, baixe o lume e deixe mais 12 minutos. Depois disso, desligar o lume. Manter a panela tapada e deixar o arroz e o feijão no vapor durante 10 minutos.

PREPARAR TEMPERO “GOMASHIO”
1. Colocar as sementes de sésamo preto e o sal e tostar em lume baixo. Assim que as sementes começarem a libertar o aroma, depois de cerca de 1 minuto, espalhe a mistura sobre um papel para arrefecerem. Aí está o “gomashio”.

2. Separar os grãos de feijão azuki do arroz e coloque-os de lado. Afofe o arroz. Espalhar o arroz numa travessa grande e acrescentar os grãos de feijão por cima. Use um leque para arrefecer.

3. Levantar a mistura do arroz e feijão pelas bordas usando uma espátula e continuar a abanar o leque. Assim que tiver arrefecido, sirva em tigelas ou na típica caixa laqueada chamada “juubako”.

4. Salpicar um pouco do tempero gomashio e saborear.

Escrito por: Fernando Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Connect with Facebook

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.